2008-05-29

O último som

Quando Anaita estava prestes a chegar no seu novo destino, viu-se perdida dentro de um carro com os vidros fechados.
Sufucada. 
Não conseguia mais distinguir o que era o Azul do Amarelo.
Cega
Os olhos mentirosos das pessoas só lhe diziam coisas adoraveis.
Desejos
Fracos como estavam, sujos pela lama da manhã de domingo que persistia em ficar na memória daqueles que ainda não tinham almoçado

Anaita na verdade não conseguia mas distinguir o que era verdadeiro do que era falso
Dentro de todos aqueles falsos elogios que chegava no seus ouvidos
Só se podia ouvir chiados de palavras mal terminadas

"Você é o que todos desejam, o que todos pedem
A mais bela do meio do lixo
Que estava caída sobre recantos
Encolhida
Chorando"

Aquelacoisa não conseguia entender como todas aquelas belas palavras podiam ser dirigidas a ela
Pensava que estava errada, que estavam errados sobre ela
Não era aquilo tudo que eles pensavam que ela era
Não tinha tantas virtudes quanto pensavam que tinha

Os olhos só conseguiam seguir o relógio de um homem desconhecido que estava sentado num banco de uma praça, a noite
Solidão
Palavra tão bela. A única que realmente fazia sentido praquela coisa que não precisa de mais ninguém para
Existir
O que na verdade não estava tão certo assim, era esse sentimento bobo de querer viver, de querer ser feliz pelos outros

"Por que eu tenho que me importar com os outros?
Por que eu tenho que ser feliz pelos outros?
Por que eu tenho que aturar os outros"

Pensamentos esses levavam Anaita para a cama toda a noite
Pensando apenas no péssimo dia seguinte que não podia ser evitado

"Não quero mais brincar"

Foi o som que fez a sua última lágrima...

2 comentários:

alejinp3 disse...

"Por que eu tenho que me importar com os outros?
Por que eu tenho que ser feliz pelos outros?
Por que eu tenho que aturar os outros"
De boa, me emocionei com essa parte.

No contexto geral, você por acaso tem alguma frustração por não ser uma princesinha, que todos adoram? =p
Zuera.
xD
Enfim, belo texto sem sentido.
o/

Lain disse...

noooohhhh

chamo de não-princesinha frustada :xxx